Saturday, 20 June 2009

Ponto de situação


Então é assim...


A gripe não era dos porcos, era uma gripe comum misturada com uma sinusite que me atirou para o hospital na segunda feira passada, depois de uma grande probabilidade de ficar lá para observação durante 24 horas (porque apesar de ser uma sinusite os sintomas eram muito parecidos com os sintomas de uma meningite), à noite lá me deixaram ir para casa no dia em que dei entrada e fazer a recuperação em paz e sossego, fiquei em casa até sexta feira, na sexta fui trabalhar e hoje já estive dedicada às correrias normais de quem tem uma vida :)


No hospital não me encontraram veia para tirar sangue nos 2 braços, acabaram por atacar a mão... Não posso dizer que estava muito feliz, para uma criatura de Deus que não gosta de ver agulhas por perto, fui picada nos 2 braços e finalmente numa mão. Claro que enquanto me tiravam sangue, o suspeito do costume, muito carinhosamente me deu a mão - parece que se arrependeu... parece que lhe apertei a mão com um pouco de força e ficou com o polegar roxo, enfim... coisas da vida.


Ontem o trabalho lá estava... acabei o que tinha começado na segunda feira (na segunda fui trabalhar, mas quando lá cheguei já tinha a sinusite em grande ataque e não consegui sequer ver bem, com muita sensibilidade à luz, para além de muitas outras dores na cara, pescoço e resto do corpo. Assim cheguei lá, liguei para o médico, saí para o médico, fui para o hospital e o resto já têm uma ideia.


Hoje fui às compras dar força ao comercio local, e tenho um dialema, continuo a usar a grande superficie de compras - Tesco, e colecciono os pontos, que me pagam viagens de avião a Portugal (ou outros destinos) e que me dão vales de compras e descontos, ou gasto a mesma bufunfa e compro nas mercearias locais, apoiando o comercio local, e comprando na maior parte dos casos produtos melhores (melhores empadas, salsichas de perú e castanha, melhor pão, etc). Estava a pensar em fazer 50-50, como vou às compras 1 vez por semana, organizo-me e numa semana vou ao Tesco e na outra vou ao comercio local.


Se quiserem dar uma opinião, façam favor, que eu não me importo :) e até vou apreciar :)

2 comments:

Buli said...

Quanto ao dilema do comércio grandão vs. o local... boa pergunta! Não encontrei uma resposta pessoal para isso ainda.

Este artigo pode ajudar-te, ou talvez não (eu concordo em geral, mas não concordo com algumas ideias).

Que tal pelo menos comprares no comércio local aquilo que o comércio local faz melhor (as tais empadas, etc.), e no Tesco aquilo que o comércio local vende igual mas mais caro (e que vem da mesma fábrica e custa provavelmente mais a transportar, em $ e recursos naturais).

Parabéns pela saúde recuperada! Aproveita!

Beijinhos!

Malay said...

Continua a dar apoio ao comércio local, enquanto ele existe...
Sabes que, cá em Portugal, podes não ter uma casa que sintas como tua, mas tens um montão de gente que anseia por ti e ouvir-te dizer__"Olá, gatinha!..." Naquele jeito, tão terno e tão teu, de seres.
Aguenta, que as férias estão aí.
Uma beijoca grande.