Friday, 29 October 2010

Fomos ao vet

Hoje fui ao vet com o Bobby...

Enquanto explicava ao vet que tipo de cão o Bobby é, ele limitou-se a responder ( e agora sentem-se... que eu tive de ficar de pé e quase me deu uma coisa má)...

Ele limitou-se a dizer que estavamos a brincar com o fogo e que o cão devia ser abatido porque apesar de nunca ter mordido, já tinha grandes problemas de agressividade e que era mais uma questão de tempo que outra coisa...

Explicou como minorar o problema mas disse que este problema não se vai embora e que o meu marido e eu tinhamos que conversar sobre o que fazer, porque sempre que deixamos o cão interagir com outras pessoas (principalmente crianças) estamos a correr um risco...

Dito isto, o Bobby avisou-o que não estava para brincadeiras ( foi um aviso de meter medo) e o exame que eu precisava que tivesse acontecido não aconteceu, aliás a única coisa que aconteceu foi a vacina que o Bobby precisava.

Para já o Bobby vai passar a andar de açaime quando formos à rua (não quero arriscar uma criança ser mordida e o Bobby tem de ser abatido sem apelo nem agravo) e em todas actividades fora de casa. Quando tiver visitas (crianças, principalmente) pela casa, o cão vai ser posto dentro da caixa dele e a porta vai ser fechada.

O vet explicou que este cão não devia estar disponível para a adopção sequer. O marido e eu não o queremos devolver, mas também não estamos preparados para o mandar abater, por isso vamos adoptar as indicações do vet e para além disso vamos pôr-lhe o açaime.

Estou triste, muito triste...

Monday, 25 October 2010

Eu quero...

este











mais este















e ainda este pelo sim, pelo não

Sunday, 24 October 2010

Conversas para a posteridade (2)

Hoje o marido comenta comigo: "I guess i should be making bread for you tomorrow"
Ao que eu respondi: "are you crazy, and get my kitchen all dirty after I've cleaned it!!! You can do it tomorrow!!!"

Conservação de verduras no frigorífico

Outro dia, enquanto me passeava por outros blogs li uma sugestão para manter as verduras no frigorífico frescas por mais tempo.

É simples, no tupperware antes de se pôr a dita verdura que é para manter por mais tempo verde, põe-se um pano de cozinha húmido na parte de baixo do tupperware e põe-se os vegetais mesmo em cima.

Há 1 semana eu só precisava de conservar uns coentros que tinha comprado e não me apetecia ver morrer uma boa parte do molho só porque não os ia usar nos próximos dias.

Lembrei-me da dica...

Ainda hoje uso umas folhinhas de coentros em tudo o que me apetece...

Em vez de um pano de cozinha usei papel de cozinha do rolo de cozinha, molhei bem (achei que húmido só não chegava) e ainda hoje o coentro está fresco como se o tivesse comprado há 10 minutos.

Um cão ou um boneco de peluche?!?!

Hoje dei banho ao Bobby...

Então eu explico, fomos passear ao Parque com o cão, como não tinha chovido esperavamos um passeio sem charcos de água...

Aqui podem começar a chamar-nos ingénuos...

Realmente como não chovia há 2 dias não havia charcos de água, havia, isso sim e muitos, charcos de lama.

O Bobby atirou-se para dentro de todos eles...

Estava com o pivete do ano...

O marido e eu viemos para casa com todos os vidros do carro abertos.

Chegamos a casa, peguei na toalha do Bobby e levei-o para a casa de banho para o duche, como não tinha shampô para o cão , não lhe pus shampô nenhum. Deitei bastante água, esfreguei muito bem com muita água e pronto.

No fim quando o Bobby secou estava tipo boneco de peluche com o pelo todo no ar. Ficou mesmo giro!!! Até parece maior!!!

Saturday, 23 October 2010

Lost in translation...

A minha franja ficou perdida na tradução...

Foi assim, fui ao cabeleiro...

Expliquei o que queria...

Isto que vêem abaixo!!!!


(mas na minha cor de cabelo e olhos - craro!!!)





No fim fiquei com isto...



(descansem que não sou eu na foto... é outra desgraçada !!!!!)





Yep, a minha franja ficou perdida na tradução, mas o que vale é que cresce e até lá vou curtir a franja marada!!!

Friday, 22 October 2010

Olha é a vida!!!!

Hoje tornei-me vendedora de uma marca de produtos de cosmética, tinha andado com a ideia a aboborar de uns dias para cá, ontem informei a marca que estava interessada em tornar-me vendedora deles e voilá!!!!

Hoje veio cá a Area Manager, tivemos uma reunião informal, muita gargalhada e tal e coisa e pronto. Já estive a preparar as coisas para na próxima segunda feira começar a "trabalhar".

O que vai acontecer é que durante o dia vou estar a estudar para o meu curso de contabilidade e mais para o fim do dia vou fazer a minha ronda de vendas, o marido já está preparado mentalmente para que nesta casa se vai começar a jantar mais tarde, a menos que ele faça o jantar (claro).

Vá-lá mandem muita energia positiva que bem vou precisar, vou estar a ganhar à comisssão e a coisa tem de correr bem.

Wednesday, 20 October 2010

Pasta de dentes caseira

Hoje encontrei a receita para fazer pasta de dentes caseira, ao que o marido respondeu - ainda bem, que ando desconfiado da pasta de dentes de compra.

Como tinha todos os ingredientes em casa, enfiei-os todos no almofariz e o marido está a desfazer tudo, agora enquanto escrevo o post.

Abaixo fica a receita:

3 colheres de chá de bicarbonato de soda
1/2 colher de chá de sal grosso
1 colher de chá de hortelã seca
4 ou 5 folhas de salvia acabadas de sair da planta

Deitar tudo no almofariz e desfazer até ficar com um pó muito fino

Aplicar numa escova de dentes molhada e escovar os dentes. A salvia tem o efeito branqueador e ajuda as gengivas a ficarem fortes e a hortelã refresca o hálito.

Enquanto acabava o post, o marido tinha acabado de transformar tudo em pó (foi um processo rápido - cerca de 5 minutos), ficou um pó muito fino e esverdeado (da hortelã e da salvia)

Experimentem, tenho a certeza que vão gostar!!!!

Tuesday, 19 October 2010

Assim, assim...

Comecei a escrever o título do post de hoje e lembrei-me logo de uma música que ouvi muito por casa da minha sobrinha Nini

Ainda estive a procurar no youtube mas não encontrei, por isso fica aqui parte da letra

Tenho uma boneca assim, assim
Veio de Paris p'ra mim, p'ra mim
Ela diz papá, mãmã também
Ela papa tudo, nana bem

...

E é claro que a dita música continua, mas como podem imaginar não me lembro da letra toda.

Olha perdi-me, ia escrever um post mais nostálgico e foi-se ... nada como músicas de crianças para darem conta da filosofia barata que ia aqui partilhar...

Agora vai demorar um pouco mais, mas podem ter a certeza que não vai falhar!!!

Mais música

Já partilhei aqui a música que usei para a minha entrada no dia do casamento.

Hoje venho partilhar uma das músicas usada na assinatura do registo

Sonzinho de 1940

O marido tem um aparelhinho de som de 1940, já limpámos o dito cujo e agora está na nossa sala.


Também temos uma vitrine que veio de uma Universidade nos Estados Unidos, esteve na Exposição de Paris em 1900, foi parar à Universidade de Manchester e agora está na nossa casa.


Apesar de já ter sido limpa com água e sabão e depois com cera de abelhas para hidratar bem a madeira, precisa de mais cuidados, tem umas pinguinhas de tinta, que precisam de ser limpas com muito cuidado, o vidro precisa de ser limpo com aqueles raspadores de vidro para tirar a sujeira de muitas décadas e precisa de ser transformada outra vez numa vitrine propriamente dita.

Monday, 18 October 2010

Terrorismo literário

No outro dia recebi, através de um grupo do yahoo a que pertenço, um mail absolutamente horroroso, ofensivo, enfim do piorio, endereçado a todos os membros do grupo, quando na realidade não era para ninguém em particular.

Depois de ler lido semelhante pérola, fiquei com vontade de me desligar do grupo, mas acabei por decidir não o fazer; fiquei com vontade de correr com o remetente do grupo uma vez que sou uma das "moderadoras", mas não é justo; fiquei com vontade e iniciei uma campanha a para impôr a moderação de conteúdo no grupo, mas a censura não cai bem; acabei por decidir praticar terrorismo literário!

Então eu explico: sempre que o dito remetente do mail presentear o grupo com as suas pérolas de ofensa, maldade ou sentimentos igualmente maus ou negativos, eu venho ao meu blog, escolho um post giro, simpático, divertido e peço aos membros do grupo uma votação, opinião ou seja o que for, para mudar o último mail para os confins da terra, neste caso, do grupo.

Se tiver de pôr em prática o terrorismo literário depois venho cá avisar se funcionou ou nem por isso...

Quando a gente gosta...

... é claro que a gente cuida...

Vinagre de ananás II

Todos os dias tenho pegado numa colher de pau e tenho mexido o meu vinagre de ananás. Hoje ponho aqui a foto para verem e compararem o aspecto desde o primeiro dia até hoje.


Enquanto isso o marido fazia pão.

Saturday, 16 October 2010

Furo resolvido

Hoje de manhã, enquanto eu me despachava para me encontrar com a minha irmã, o MEU marido maravilha mudou o pneu, para pôr o pneu arranjado.

Os convenientes de ter marido!!!!

Se eu soubesse que era assim, já tinha arranjado um há mais tempo!!!!!!!

Thursday, 14 October 2010

Furo...

Hoje ao fim do dia, quando ia a sair com o marido no meu carro, descobri que tinha um furo no pneu...


O marido foi um querido e mudou o pneu sozinho e continuamos a nossa viagem com um pneu com a jante encarnada...


Amanhã o trabalho de casa vai ser arranjar o pneu furado

Wednesday, 13 October 2010

Neve...

Não nevou, mas tem estado um frio do outro mundo, o aquecimento nesta casa tem sido ligado todos os dias.

Temos tido uns lindos dias de sol, se estivesse chuva estava mesmo a nevar, de manhã têm estado 5º C - frio, muito frio...

Monday, 11 October 2010

Frase do dia 11/10/2010

Contexto:

O marido esteve a ver um site em que explicavam que o oléo de cânhamo cura cancro de pele e outros cancros também, no video até ensinavam a fazer...

Este fim de semana encontramos no freecicle (site de oferta de coisas para impedir que as lixeiras se encham de coisas que ainda estão boas e podem ser usadas por outras pessoas) um armário dos anos 30 em excelentes condições (para o quarto dos convidados) e bem giro, uma vitrine vitoriana (que não precisavamos mas que estava na mesma casa que o armário e apaixonamo-nos por ela) e uma cómoda para a entrada para arrumações, e o marido e o irmão dele foram hoje buscar e já puseram tudo cá em casa.

Assim sendo, virou-se o marido para mim há coisa de 5 minutos e disse:

"It's been a good day!!! I got a new wardrobe and I found the cure for cancer!!!"

...

Isto é para quem pensa que está sozinho e pode fazer o que quer...

Hortelã III

A hortelã está pronta a ser transformada em chá.

Já secou 2 semanas no armário, hoje estive a tirar as folhas dos talos e estive a esmagar as folhas secas de forma a partir bem as folhas todas.

Em baixo podem ver as fotos da actividade.

A separação das folhas dos talos

Partir bem (esmagar) as folhas secas

Chá de hortelã pronto a ser usado

Todo este processo, assim como o processo de fazer vinagre de ananás são para aprendizagem e mesmo com pouco chá de hortelã sou uma mulher feliz.

Sunday, 10 October 2010

Frase do dia 10/10/2010

Hoje, enquanto passeava nos blogs dos meus vizinhos, encontrei a seguinte a frase num deles sobre a república e não resisti pôr aqui:

"Com os reis passava-se de pais para filhos. Agora muda a cada quatro anos, e só andamos para trás"

Friday, 8 October 2010

Receita do vinagre de ananás

A pedido de uma familia aqui ponho a receita.

A receita para o vinagre de ananás foi tirada daqui, no entanto, aqui vai a tradução da receita (apenas e não de todo o artigo):


O vinagre de ananás é feito apartir dos pedaços que vão para o lixo ou para a caixa de compostagem, desta forma podem ser utilizados em vez de deitar fora imenso ananás.
Começar com um bom ananás (eu escolhi um que ainda não estava pronto e deixei-o amadurecer em casa). Pegar na escova de vegetais e escovar muito bem o ananás, passar por água e tirar a casca. Cortar o ananás em quartos e tirar o "caroço". A "carne" do ananás pode ser utilizada em qualquer prato ou sobremesa, não precisa de ser usada no vinagre.
Cortar o "caroço" e a casca em pedaços e pôr tudo num recipiente grande. Misturar 1/4 de chávena de açucar (eu usei açucar mascavado) em 1 litro e 250ml de água e deitar tudo sobre a casca de ananás. Cobrir com um pedaço de um tecido de algodão - eu usei aquele que se vê na imagem, as contas são para fazer peso e manter os possíveis insectos e pó à distância. Nesta receita utilizamos o fermento natural que se encontra no ar para ajudar a fruta e a àgua com açucar a fermentar, por isso não se põe uma tampa. Deixar a mistura no balcão da cozinha por algumas semanas.
Depois da segunda ou terceira semana, esta mistura pode ficar castanha e depois voltar a ficar transparente, também pode desenvolver um pouco de bolor no topo, mas não há problema, pode ser tirado com uma colher limpa. Se ficar com uma bolha cinzenta gelatinosa no topo do jarro ou no fundo, tanto enquanto estiver na bancada da cozinha ou já engarrafado , isso é muito bom, porque fizeram a mãe de vinagre (e pode ser usado para fazer mais vinagre).
Há duas coisas que são importantes quando se faz vinagre: a temperatura no sitio onde se faz o vinagre (no meu caso é a cozinha) e o oxigénio (outra razão para não se pôr uma tampa). A temperatura ideal é entre 15ªC e 25ºC. Se a temperatura for muito baixa, vai demorar mais tempo a fazer e não vai ser muito bom, se for muito alta, não vão fazer a mãe de vinagre, mas o vinagre vai estar bom à mesma. O oxigénio pode ser introduzido no vinagre ao mexer o vingre todos os dias.
Experimentar o vinagre 2 semanas depois e já deverá ser avinagrado, as cascas de vinagre podem ser retiradas nesta altura e podem ser postas na caixa de compostagem. Deixar o vinagre no balcão da cozinha por mais 2 semanas para desenvolver o caracter complexo de um bom vinagre (!!!!!). Quando estiverem contentes com o sabor do vinagre, passar o vinagre 2 ou 3 vezes por um pano e guardá-lo numa garrafa limpa com a tampa. Pode ser usado da forma como está, no entanto se quiserem guarda-lo por mais tempo é melhor pasteuriza-lo, o que representa ferve-lo num banho maria, as regras estão aqui.
O vinagre de ananás é excelente para temperar saladas e para fazer molhos de temperos, pode ser usado para conservar a beterraba.
Se quando cortarem o topo, o plantarem, dentro de 2 anos estão a ter um ananás outra vez, isto claro num clima mais quentinho.
De qualquer forma, vou deixando aqui as fotos para poderem ver o que for acontecendo com o vinagre, porque isto é novo para mim também.

Vinagre de ananás

Hoje comecei o processo para fazer vinagre de ananás em casa, e posto de uma forma simplificada daqui a 4 semanas tenho vinagre de ananás feito em casa.

Não vale a pena explicar agora a que temperaturas tenho de manter a coisa, nem quantas vezes tem de ser mexido e tudo o resto, por agora dou apenas o geral...

Pão

Ontem o marido fez pão, ficou uma delicia, tinha o mesmo sabor que o pão da Pastelaria Paris, que comprávamos ao Sábado, quando eramos míudos.

Fiquei super contente!!! Agora tenho padeiro em casa!!!! Isto sim é um luxo, qual chefe de sushi qual quê, luxo luxo é ter padeiro em casa!!!!

Aqui fica uma foto da maravilha da natureza...

Wednesday, 6 October 2010

Rumores e boatos mal intencionados...

Peço o favor às "gentes" mal intencionadas de pararem de difundir rumores, boatos infundados e mal intencionados!!!!!

Ora vamos lá ver, o Outono começou à pouco tempo, NÃO VAI NADA NEVAR NA PRÓXIMA SEMANA!!!!

Obrigada!

Tuesday, 5 October 2010

Conversas para a posteridade (1)


Ontem à noite, o marido levou o pc para a cama, estava a ver um forum que lhe interessava e comentou comigo sobre falar com um outro membro do dito cujo, e aqui começa a conversa inteligente que se seguiu e tomo a liberdade de partilhar:
eu - I don't want you talking to women...
ele - But half of the population are women!!
eu - That's ok!! You still have the other half!!!! and that is a lot of people! How many billions of people are there?

Monday, 4 October 2010

Basilico

Colhi as folhas do Basilico que a minha irmã me deu, desinfectei um frasco e a respectiva tampa, aqueci o azeite a 80º, meti dentro do frasco o basilico e 2 dentes de alho, fechei com tudo quente ainda, já arrefeu bastante, por isso já virei o frasco e agora espero que crie o tão amado vácuo para durar mais tempo.

Não colhi todas as folhas da planta para ver se crescem e enquanto estiver a dar, vou colhendo e usando na comida, mas se voltar a dar uma boa colheita, juro que tiro tudo e conservo!!!!

A foto do frasquinho não está a colaborar...

Hortelã II

E tratei da hortelã toda hoje, ficou tudo...
pendurado

e
congelado

Errata...

Informo que o post anterior tem um erro.

A planta chama-se Basilico.

Basilio é o primo do Eça de Queiroz.

Peço desculpa pelo transtorno provocado por este erro (devo confessar que até é divertido imaginar as vossas caras a visualizarem o primo Basilio atado pelos pés e posto a secar dentro de um armário).

Sunday, 3 October 2010

Hortelã


Hoje colhi hortelã do vaso grande que tenho no jardim (porque a hortelã não pode ser posta na terra ou transforma-se numa erva daninha e mata tudo e fica com raizes por todo o lado).


Preparei 2 molhos que já estão a secar (e lá ficarão por 2 semanas) para me dar chá de hortelã que eu gosto muito e congelei 1 tupperware com muitas folhas de hortelã para usar na cozinha. Daqui a uns dias vou colher mais, mas primeiro tenho que tratar do tomilho, da salvia e do basilio.

Assim que tiver tudo a secar logo tiro umas fotografias para verem como ficou lindo no meu armário (têm que secar num local seco e escuro) e tenho uma parte do armário que não uso mesmo (é estupidamente baixa e não dá para nada)

Saturday, 2 October 2010

Quando eu era pequenina...

... Plutão era um planeta (agora já não é)
... a escrita cuneiforme era primeira forma de escrita usada pelo ser humano (agora já não é, foram descobertas placas hieróglifos do tempo do Rei Escorpião)
... podiamos brincar todo o dia na rua
... andavamos de bicicleta sem capacetes, joalheiras, cotoveleiras e sabe-se lá que mais
... não havia computadores
... os telefones eram de disco
... tinhamos os discos de vinil
... não tinhamos telemóvel
... os presentes de natal eram mais "honestos" (em relação ao que os nossos pais podiam pagar)
... e muito mais...