Wednesday, 14 December 2011

O meu relvado de Camomila

Querida Gina,

Mais vale tarde que nunca :)

Aqui vai a foto do meu relvado de camomila, como o tempo ate nem tem estado mal ainda nao nao cobri o relvado com a manta propria, pelo que me parece que um dia destes vou ter de me atirar 'as ervas daninhas :)

Espero que gostes :)



A educacao dos Ingleses...

é um mito... infundado diria mesmo.

A única diferenca entre eles e os outros povos é o "se faz favor" e o "obrigado", logo em Portugal, Espanha, Franca, mandamos os outros 'a merda, num fluente: "vai 'a merda", no entanto os Ingleses ja diriam: "vai 'a merda se faz favor" e no fim da magnifica frase ainda dirao "obrigado".

Um povo bem educado, era bom era...

Tuesday, 29 November 2011

Puppy Grooming?!?!?!

Este fim de semana levei a Rosie (aka Rosinha dos Limoes) ao salao de beleza para cachorros, para um puppy grooming, para ficar linda, fluffy, limpinha e etc.

No dia seguinte a minha menina foi brincar 'as toupeiras...


Valeu a pena levar a boneca ao salao de beleza canino?!?!?


Saturday, 5 November 2011

Tudo em vao...

... Durante esta semana que passou, estive a trabalhar com uma traducao de Ingles para Portugues - Brasileiro, de repente apercebi-me que o acordo ortografico nao passa de uma palhacada para uniformizar 2 linguas devem ser tratadas como tal, 2 linguas diferentes com a mesma raiz.

Alem de que 'e um gozo descarado e desavergonhado em relacao a todas as pessoas que em criancas, foram maltradados pelas professoras, tipo cada erro cada reguada no fim do ditado, reguas partidas em palmas de maos, carolos, tabefes e sei la que mais, por erros ortograficos.

Os maus tratos que as criancas da minha geracao estiveram expostos por causa de uma ortografia que agora 'e obsoleta, e' vergonhoso e foi em absolutamente em vao...

Ora agora tomem la com os fatos para refletir ...

Relvado de camomila parte 2

Ola Gina :)

O computador e a maquina fotografica estao em pleno complot contra mim, eu explico...

O computador nao tem espaco para entrar o disco de memoria da maquina fotografica, eu nao encontro (nem sei se alguma tive) o cabo de ligacao, ontem fui tirar umas fotos e pensei, peco ao marido que mas envie por mail e esta o assunto resolvido, estava a tirar as fotos e a maquina desligou, falta de bateria, vim para dentro e tirei a dita cuja para recarregar...

Nao encontro o carregador :(

Desculpa :(

Assim que a revolucao maquineira acabar nesta casa eu ponho as fotos aqui :)

Beijinhos

Thursday, 20 October 2011

Ausencia

Queridos leitores (se 'e que resta algum mesmo) :)

Tenho de vos pedir desculpa pela minha ausencia prolongada.

Tenho andado "debaixo de fogo", trabalho (finalmente a tempo inteiro), casa, caes e marido...

Tenho andado cansada, preocupada, stressada, e sobretudo a sentir que por mais que tente nao consigo esticar e chegar a tudo...

Hoje fui jantar fora com o marido, fomos a um jantar de pub, era suposto irmos jantar a casa da minha sogra (a senhora desmarcou), logo nao descongelei nada para o jantar e nao estava preparada para cozinhar, isto 'e, a ideia de ir para a cozinha tratar o jantar nao estava no meu horizonte, tinha preparado mentalmente um fim de dia de chegar a casa, passear os caes, ir jantar e voltar para casa e atirar-me ao meu monte de roupa para passar a ferro. Logo disse ao marido que nao estava preparada para cozinhar e fomos vendo alternativas (ele nao se ofereceu para cozinhar), acabamos por decidir ir jantar ao pub, mais caro que um take away, mais barato que um restaurante (precisamente o dobro de um take away e metade de um jantar fora).

Durante o jantar enquanto conversava com o marido, fui explicando que nesta ultima semana tive 2 pessoas para alem dele a dizerem-me que eu preciso de relaxar um pouco, a primeira vez foi no medico, a minha medica de clinica geral disse que estou a tensao arterial alta demais e que para alem de me querer ver frequentemente apartir de agora para controlar a minha tensao arterial e que eu tenho de relaxar, a segunda foi o meu chefe, hoje.

Estivemos a deitar contas 'a vida, a conversar sobre o nosso dia a dia...

Hoje cheguei a casa, nao tirei o casaco, pus as trelas aos caes, chamei o marido, saimos, passeamos os cachorros, voltamos para casa, tirei a trela da Rosie, tirei o casaco, pus a Rosie no jardim a fazer mais qualquer coisa (...), beijei o marido e saimos para o pub, entramos no carro, no caminho para o pub paramos na estacao de gasolina, o marido pos a gasolina no carro, eu fui pagar, chegamos ao pub, pedimos o jantar e pagamos (sopa de cenoura, hambuguer de galinha e uma "pint" de bitter para ele, pate com torradas, hamburguer de queijo e uma coca cola para mim),conversamos enquanto jantavamos, fomos para o carro, congelei a caminho do carro (o casaco ficou em casa...), voltamos para casa, pus a Rosie no jardim de tras outra vez (mais vale prevenir que remediar), sentei-me, fui ao facebook dar uma vista de olhos, liguei para Portugal para falar com a mina mae, pus os caes na ordem, escrevi uma carta a autorizar a minha mae a levantar o meu certificado de habilitacoes na universidade (preciso dele para o novo emprego...) e aqui estou.

Hoje foi um bom fim de dia, hoje nao fiz nada ao fim do dia :)

O meu relvado de camomila - parte II

Houve um leitor que me perguntou como vai o meu relvado de camomila.



Blogger Administrator said...
E como vai o teu relvado?
12 October 2011 10:53


Querido Administrator,

Este fim de semana vou preparar o meu relvado para o inverno, ja avisaram que vai ser mais rigoroso do que foi o ano passado, assim, este fim de semana vou tirar as ervas daninhas todas :) Tenho tirado muitas mas ainda nao tirei todas :) e vou por uma manta de jardim (uma manta que se poe em cima de plantas e arvores para sobreviverem durante o inverno ou para nao se danificarem em demasia), antes de por a manta no chao para proteger da geada (e mais tarde da neve) tiro umas fotos para veres como esta bonito :)

Saturday, 10 September 2011

O meu saco de tricot

H'a algum tempo atr'as fiz um saco par aguardar o meu tricot, quando a Rosie entrou na minha vida, o saco de tricot foi passado a ser usado como saco para a transportar a belezura e quando nao est'a a uso est'a pendurado na macaneta da porta ao lado da minha cadeira.

A minha Rosie quando quer descansar ao pe de mim comeca a tentar entrar no saco, por isso eu faco-lhe a vontade e ela passa o serao a dormitar no seu saco pendurada na macaneta da porta da sala.

Sunday, 28 August 2011

Rosie


O membro mais novo da familia

Apresento-vos o membro mais novo desta familia: a Rosie (aka Rosinha dos Limoes), tem 8 semanas.

Foi presente do meu marido pelo nosso primeiro ano de casados (27 de Agosto), fomos busca-la ao criador na sexta feira, dia 26.

  a brincar sozinha
"meditabunda" no seu cobertor
 a confraternizar com o Bobby
a dormir profundamente nos pes do M.

Desde de que chegou ja sobe e desce o degrau para a cozinha, ja sobe e desce o degrau para o jardim (como 'e mesmo muito alto pus um "degrau" intermediario para ela que 'e uma peneira de jardim que ela usa para entrar em casa), se lhe digo que 'e chichi time vai para a porta da cozinha e acidentes muito poucos, 3 ontem, 1 hoje, vamos pelo bom caminho.

Ontem fomos 'as compras e ja tem uma caminha para descansar na sala, 'a noite dorme no nosso quarto no meu cesto de roupa lavada (vazio com umas toalhas la dentro e a a sua mantinha), "porque o cesto da roupa lavada" perguntam voces e eu respondo, "porque o cesto 'e alto (pouco mais baixo que a minha cama) ela nao sai sozinha se precisar de ir 'a casa de banho, tem de me acordar (e eu acordo mesmo) e nao tenho acidentes no meu quarto (a alcatifa ja 'e a que vai ficar), se est'a com medo ou a sentir-se sozinha so preciso de meter a mao para dentro do cesto e ela fica logo toda contente". Pronto!!! :o)

Predador?!?!?!

Isto?!?!?!

De certeza ?!?!?!

Saturday, 13 August 2011

1 par de calcas de ganga

Eu so tenho um par de calcas de ganga!!!

Pronto esta dito, escrito e admitido publicamente!!!!

Engordei para la do admissivel, tenho quilos (nao estou a brincar, QUILOS) de calcas de ganga de numeros abaixo do meu actual e nao compro mais. Recuso-me a comprar calcas de ganga do tamanho enorme que tenho agora, estou em negacao!!!  (Calcas de trabalho tenho mais, gorda mas realista, isto da negacao so me da para os fins de semana)

Logo so compro calcas quando as que tenho ja romperam. Ontem a passear os caes as calcas ficaram sujas com lama, ontem deu-me para a preguica nao as pus a lavar na maquina, logo nao as pus a secar na maquina tambem...

Hoje quero vestir-me e estou 'a espera que a maquina de secar acabe o seu trabalho!!!!

Doggysitting

Estou a fazer doggysitting ao cao da minha irma. O cao da minha irma 'e uma cadelinha Cavachon (cross de Bichon Frise e Cavalier King Charles), a coitadinha nao tem pelo, tem cabelo tem de ter o dito cujo cortado e foi 'a tosquia. O que restou tem sido penteado com um pente (estao a ver a minha vida!!) todos os dias 'a noite quando me sento para descansar a ver televisao, ponho a Mia no colo e penteio-a enquanto lhe digo que 'e linda...

Como diz o Cesar Millan: "Humans are suckers for cuteness"...

Saturday, 6 August 2011

As fotos do meu relvado de camomila

O marido e eu hoje estivemos diligentemente a plantar o nosso relvado de camomila, as 200 plantas chegaram na quinta feira, em 2 sacos de plastico, em entrega em mao, com instrucoes de como manter a coisa viva ate ser plantada. O marido e eu seguimos as instrucoes 'a risca e as plantas sobreviveram ate hoje :)

A decisao de comprar este relvado ja vinha a ser conversada entre nos h'a bastante tempo, mas a solucao nao 'e propriamente baratinha, mas tem a grande vantagem de nao precisar de ser cortado ( e quando andamos em cima dele exala um cheiro muito simpatico), isto 'e, a relva tem de ser aparada com um corta relva, e o corta relva c'a de casa tem um problema de funcionamento muito grande,  falta-lhe um operador, assim acabou o problema do corta relva que nao funciona porque nao tem operador.

Desta vez foi de vez, e como podem ver pelas fotos ficou LINDO!!!!

Agora s'o tem de crescer!!!!



As fotos do "Rosti"

Como prometido, aqui estao as fotos do maravilhoso "rosti" que o marido fez:




Os estados de um cao

O meu cao nao 'e como os outros, o meu cao passa de solido a liquido em questao de segundos, eu passo a explicar:

No sofa com o marido, o cao passa de solido a liquido em menos de nada, ora vejam la as fotos, isto 'e um cao liquido.




Plano para hoje

Chove e troveja la fora qual dia de inverno...

Tenho 200 plantas de camomila na sala de jantar para plantar no jardim da frente para realizar o sonho de ter um relvado de camomila...

O aspecto final podem ver aqui

Hoje temos banho!!!!!

Wednesday, 3 August 2011

Actualizacao das agriculturas

Entao nao 'e que no lugar do alho frances plantei parsnips (xerovias?) e andei este tempo todo ha espera que o alho frances desse um arzinho da sua graca e so ontem me apercebi que a ramagem era outra... Afinal havia outra...

Fotos

Nao encontro o cabo de ligacao da maquina fotografica para o computador...
Nao consigo deixar aqui as fotos prometidas por mim e esperadas pelos meus ilustrissimos leitores :o(

Vara vs Curral

Ate parece mentira mas nao 'e que me esqueci da diferenca entre uma vara e um curral, ha por ai um/a camarada solidario/a que me consiga explicar a diferenca?

Quezilias

Ultimamente o marido e eu temos mal entendidos diarios...

Ja estou a ficar um cansada disto...

Hoje, enquanto cozinhava o jantar, passou-me pela cabeca meter-me num aviao de volta a casa...

Por mais que tente este pais nao se esta a transformar na minha casa, estou cansada de falar numa lingua que nao e a minha todo o tempo, estou cansada de viver numa casa cujas obras , sao assim a modos que obras de St. Engracia, estou cansada ...

A ver amanha estou melhor...

Sunday, 31 July 2011

O ar condicionado do meu carro

Na semana passada, o marido levou o meu carro para o emprego, no primeiro dia chegou a casa e esteve a gabar o meu pequeno carro de cidade, ate aqui tudo bem.

A coisa ficou hilariante quando ele comentou sobre o ar condicionado do meu carro:

Ele: ... so nao consegui ligar o ar condicionado do teu carro, nao percebi como se faz!
Eu: Pois, imagino, ligar o ar condicionado do meu carro 'e mesmo um pouco complicado, sabes? O meu carro nao tem ar condicionado...
Ele: Como!?!? o carro nao tem ar condicionado!! como sobrevives o verao?
Eu: AHAHAHAH

O verao ate agora nao passou dos 24 graus Centigrados e acho que so la chegou um dia...

Monday, 25 July 2011

... cheira mesmo a lavadinho ...

Como todos sabemos nos transportes publicos "apanhamos" de tudo.

Gente alta, gente baixa, gente loira, gente morena e ate gente ruiva, gente cor de chocolate preto, gente cor de chocolate branco, gente cor de rosa acastanhada, enfim, uma variadade de gente.

Ate apanhamos (com mais frequencia do que seria desejado) gente que nao toda banho de todo (ainda na sexta feira tive um caramelo dessa "onda" sentado atras de mim por 30 minutos, foi ca um alivio quando chegeui ao meu destino que nao vos digo nem vos conto).

Hoje, no entanto, fui agradavelmente surpreendida, entrou no autocarro um caramelo com um ar um pouco (muito) duvidoso, esteve para la na conversa com o motorista (toma la dinheiro, da ca bilhete) mas quando passou por mim o meu cerebro so consegui registar ...cheira mesmo a lavadinho... e nao e que cheirava mesmo!!!!!


Wednesday, 20 July 2011

Autocarros

Agora que sou uma mulher trabalhadora (das 9 'a 1 da tarde) vou de autocarro todos os dias para o trabalho. Atencao que nao me estou a queixar, estou apenas a constatar uma escolha minha.
Escolhi ir de autocarro todos os dias porque estou a trabalhar no centro da cidade mais proxima (e nao 'e Manchester), o que como podem imaginar 'e um stress desgracado e desnecessario aqui para a Maria, e para alem da gasolina teria de pagar cerca de 5 libras por dia para ter o carro la estacionado. Ora o "bus" sai-me a 2.30 libras e ainda pode descer porque posso passar a comprar o passe mensal em vez do semanal.

Estou-me a perder...

Voltanto ao "bus"...

Todos os dias, 'as 5 para as 8 saio de casa e apanho o autocarro na paragem a 50 metros de casa (que 'e um descanso), entro no dito cujo, mostro o passe, tiro o metro (jornal gratuito da zona/pais) e vou lendo as noticias ate chegar 'a ultima paragem, sim eu saio na ultimissima paragem.

Quando entro no autocarro, o caramelo est'a sempre relativamente limpo, um jornal aqui, outro ali que ficou esquecido num banco ou que entretanto caiu para  o chao, depois de minha casa ate ao meu destino passo por escolas, por clinicas, por supermercados, enfim pela cidade...O que ainda me marca 'e sempre a saida do autocarro, parece que enquanto eu leio o meu jornalito, por ali passa um curral de porcos, 'e lata de coke diet por tudo quanto 'e lado, mais uns pacotes de mcdonald, por aqui e por ali...

Mas esta gente nao aprendeu de pequenino a meter o lixo no bolso e a deitar no caixote de lixo mais proximo!?!?!?

Wednesday, 6 July 2011

e agora? funcionas ou nem por isso?

fiz para aqui umas alteracoes, a ver se isto funciona...

a ver quem percebe disto

que eu nao percebo de certeza...
Estou desde Domingo a tentar publicar um post. Consegui hoje porque enviei o post por mail para o blog, mas publicou o texto a preto...
O blog anda passado ou entao sou eu, anda por ai alguma alminha caridosa ou sendo politicamente correcta, algum camarada solidario, que saiba o que se passa?
Parece que o botao de publicar nao funciona...

Rosti" de batata e rabanetes (com folhagem e tudo!)

Hoje o marido e eu decidimos comecar a usar os rabanetes que temos no jardim. Como o marido nao aprecia saladinhas (muito pouco saladeiro, o marido!!!) nao podemos usar os rabanetes dessa linda forma.
Fui ver receitas com rabanetes e ja agora se a folhagem seria comestivel...
A folhagem e comestivel, para alem de uma receita de sopa de rabanetes (com folhas e tudo) encontrei a sugestao de fazer um "stir fry" com as folhas e como sou dada a aventuras, comecei a receita, o marido entrou em accao e sugeriu fazermos antes um "rosti" de batata e rabanetes, e deitou as maos ao servico, amanha encontram as provas de como ele deitou as maos ao servico.
A decisao final e a seguinte: ficou comestivel e relativamente simpatico, mas nao me parece que seja para repetir, se bem que ainda estou muito inclinada a fazer o creme de rabanetes (sopinha, queridos, sopinha) e os rabanetes glace (mas esta leva Sherry... vai ser lindo vai...)

oh pa...

sou so eu ou isto nao esta a publicar os meus posts!?!?!?

Monday, 27 June 2011

Frase do dia 27/06/2011

Hoje o marido e eu estamos a ver um programa chamado Pawn Stars e a certa altura o velhote disse que a pior coisa que fez na vida foi abrir um negocio com a familia, ao que o marido desatou a rir e disse: "I feel your pain"

Contexto: O marido tem um negocio com a familia, isto 'e, com a irma e com o irmao.

Tenho um notebook novo...

... e como foi comprado em Inglaterra nao tenho acentos nem "C" cedilhados.

Fomos compra-lo este fim de semana, eu queria um laptop cor de rosa, mas rendi-me as evidencias e compramos antes um com uma boa especificacao tecnica e prateado, mas ja o rato que o marido me ofereceu 'e cor de rosa, oh sim, cor de rosa!!!

Tuesday, 7 June 2011

Apetece-me comer um gelado do Chipepa, qual Santini qual quê ...

Percursos - Momentos Iluminados...

... ou filosofia de 25 tostões, como lhe quiserem chamar...

Hoje enquanto tratava da minha vidinha e seguindo a minha linha de pensamento (absolutamente caótica, diga-se de passagem) cheguei à conclusão maravilha que na vida nunca esquecemos um amor, isto se foi mesmo um amor.

Podemos perder peso, perder esperança, perder de vista, mas nunca, nunca perdemos o amor que tivemos por alguém. O nosso coração apesar de partido quando tudo acaba fica maior, parece que os pedacinhos em que ficou quando se estatelou no chão ficaram maiores e o coração depois de "remendado" ficou maior e cabe lá outro amor, que não é nem mais nem menos válido que os outros todos. Quando perdemos uma pessoa que amamos (seja qual fôr o motivo), o amor que lhe temos continua, fica apenas como um segredo nosso que ninguém sabe nem precisa de saber, não é um segredinho obscuro e porco, é um segredo nosso que nos define e nos permite amar plenamente outra vez, porque sabemos que cada amor ficará para sempre connosco e será sempre único.

O teu sorriso, a forma como inclinavas a cabeça para o lado quando me vias, a felicidade que eu sentia quando tu estavas por perto, o nome que me deste, o teu abraço, o teu cheiro, por tudo isto te amei, te amo e te amarei, mesmo que nunca mais te diga.

Mas esquecer-te nunca, esquecer-te seria perder-te de mim e isso é perder-me de mim.

Sunday, 29 May 2011

O Cão e o Céu

Hoje o meu cão esteve no céu, passo a ilustrar a minha teoria:




P.S. O marido está "scruffy" porque passamos o dia a tratar do sótão (pintar e preparar madeiras) e não vale a pena mudar de roupa quando se pára para uma pausa de 30 minutos.

Monty Python, casa e casas

Hoje acordei a cantar uma música de um dos filmes dos Monty Python, mas como não me lembro de que filme é não posso partilhar.

O marido e eu ontem fomos ver uma casa para nos mudarmos, quem segue este blog já se apercebeu várias vezes do meu desejo de largar esta casa, mas o que pediam para o estado da casa para o tamanho de jardim que tinha era ridiculo. Não vamos avançar, mas como temos de acabar a nossa casa (pintar e pôr alcatifas novas) para a pôr à venda vamos ver só as casas que se enquadrem mesmo nos nossos requisitos.

Hoje vamos pintar os quartos e a casa de banho do sótão e como amanhã é feriado, continuamos.

Depois ponho aqui as fotos do resultado final.


Tuesday, 24 May 2011

Estou triste...

Hoje fui "escolhambada" (se a palavra existe) por uma antiga chefe, porque a equipa financeira dela é incomptente e ainda não me pagaram o que me devem e eu fui a feliz contemplada com o "escolhambanço".

Tentei falar com a criatura, mas não me atendeu o telefone, e respondi por mail, decidi não engolir o sapo, amanhã pela manhã a sede recebe um telefonema delicioso a metê-los na ordem.

Ontem, foi um idiota no parque de estacionamento do Morrisons, deve ter sido obrigado a ir às compras com a parva que o atura (e digo parva porque há coisas que não se atura e um homem aos berros dentro de um carro é uma delas), o bezerro ia a conduzir no meio das 2 faixas ficou todo ofendido porque assim que eu apareci teve de se meter na faixa dele, passou por mim e abrandou o carro só para me poder insultar melhor, ao que respondi f*** off, desculpem a expressão, mas foi o que aconteceu.

A vida não tem corrido assim tão bem que me permita receber doses de energia negativa de todos os camelos deste mundo.


Até estou preocupada com a possibilidade de amanhã sair de casa...

Saturday, 21 May 2011

Há dias...

... em que acordo para isto...


QUE SUSTO!!!!


E temos horta!!!!

Hoje venho mostrar com orgulho o que tenho feito no jardim de trás!!!!!

Ora bolas que me esqueci de fotografar as batatas!!!!

O apoio para os feijões, favas, ervilhas e (tchanannnn) pepinos (sim, leram bem, pepinos, que precisam de apoio para crescerem). O apoio está torto, foi feito apartir de partes da antiga vedação, pintadinho de verde com aquela tinta própria para madeiras de jardim, foi feito por mim sem ajuda de ninguém, sim que o marido ressonava no quarto ainda quando a obra de arte ficou quase pronta, por isso estou troncha de orgulho!! e como disse o marido no fim " ficou com personalidade", ora tomem lá com um apoio com personalidade!!!


O alho francês e os rabanetes, resumindo uma longa história, como o alho francês demora muito tempo a crescer, devemos plantar na fila ao lado rabanetes para marcar onde está o alho francês, não vá pessoal esquecer-se e zás, vai de limpar a fila de alho francês que até parece mesmo uma fila de plantas daninhas...

As minhas patty-pan squashes e ao lado espinafres, tenho de vos confessar que só plantei a patty-pan squash porque é amorosa (estranho motivo para plantar seja o que for, lol) e claro dizem que sabe muito bem...


A beterraba, ora toma!!! não se vê, ainda está em semente mas já está "vedada" para o cão não lhe saltar em cima!!


A salsa, os coentros, o mangericão, o cebolinho e o alho, tenho de confessar que hoje me armei em esperta e estive a tirar ervas daninhas neste canteiro.. veio um certo cheiro a salsa no ar... tinha acabado de arrancar as primeiras folhas de salsa do canteiro... vá podem começar a rir à gargalhada!!!


Sunday, 24 April 2011

SOCORRO!!!!

Ao fim de 3 dias seguidos com o marido em casa (e ainda tenho mais um dia para gozar a presença do marido), tenho TODAS as divisões da casa num caos...

Recuso-me chegar a Terça-Feira e começar a semana com a casa neste estado.

Amanhã vai ser o verdadeiro esfrega, esfrega, esfrega, limpa, limpa, limpa, arruma, arruma, arruma...

foto daqui

Wednesday, 20 April 2011

Hoje...

comecei cedo.

Sempre ouvi dizer: "Deus ajuda quem cedo madruga", menos as minhocas... eu explico...
Por aqui diz-se: "The early bird gets the worm"... ora a minhocas estão tramadas...

Bem, voltando ao post

Levantei-me pelas 5:45 da matina, fui ao tesco, cheguei lá pelas 6:15, comprei o que precisava, voltei para casa, preparei o pequeno almoço da familia (marido, eu e cão), entretanto o marido chegou do passeio com o cão, tomou o pequeno almoço, saiu para o escritorio e eu estive a passar a roupa toda que estava esperando por ferro.

Arrumei tudo nos armários, marquei consulta no médico para o marido que anda com dores na zona do apendice (vai daqui a pouco ao médico), e programei os canteiros para as minhas sementes, acabei de me lembrar que não tenho semente de batata...

Vou ter de tratar disso muito brevemente.

Ainda dizem que uma mulher em casa não tem nada para fazer...

Sunday, 17 April 2011

Jardim






Faltam as vedações novas, que chegam esta semana que vem, faltam as sementes que chegam esta semana que vem, faltam as cadeiras e uma mesa que vamos procurar esta semana que vem, falta tirar para a lixeira as coisas que se encontram no beco do lado de fora do jardim.



Friday, 15 April 2011

Obras

As obras acabaram...

Finalmente!!!

Tenho o electricista a vir cá na Terça feira para pôr um comutador de escadas para o andar último andar, que da forma como está a luz só se liga e desliga lá em cima, o que não dá jeito nenhum, assim na próxima semana vem o electricista resolver o problema.

As fotos do antes vêm em breve, para vos poder dar o depois :)

Sunday, 10 April 2011

O Patrick

Gostava de vos falar do Patrick.

O Patrick foi um conhecido meu até ontem, conhecemo-nos à cerca de um ano numa loja de ferragens e diy, não ficámos bons amigos, apesar de termos engraçado um com outro logo no primeiro dia em que travamos conhecimento.

Mas ontem, ontem, iniciámos uma bonita história de amor, admiração, profundo respeito e amizade.

Ontem pedi ao marido para arranjarmos espaço na nossa vida para que o Patrick pudesse ter um papel de maior destaque no nosso dia a dia.

O marido foi ao jardim e preparou um lugar para o Patrick.


No meio disto tudo ainda não vos apresentei o Patrick, na foto abaixo, podem ver o Patrick em posição de descanso antes de começar a dar um valioso e simpático contributo para o dia a dia desta familia.



A FUGA...

Jardim de trás...

O ano passado mostrei-vos como ficou o jardim de trás, agora mostro o avanço que teve hoje.



Saturday, 9 April 2011

Derrapagem total

As obras derraparam ainda mais...

LOL confessem lá que já esperavam lol

Segunda feira tenho o marceneiro, terça tenho o marceneiro, o electricista e o canalizador, quarta estou a manter livre para ir ver a minha irmã, quinta tenho o caramelo que vai pôr os azulejos na casa de banho pequena.

Hoje esqueci-me e não fui comprar as dobradiças das portas nem as fechaduras, no entanto as maçanetas já cá cantam, por algum motivo qu me ultrapassa o marido comprou mais do que as necessárias, mas eu até fiquei contente porque assim susbtituo as maçanetas das portas do primeiro andar.

O orçamento geral para a obra também já derrapou ligeiramente, mas bem vistas as coisas é preciso partir uns ovinhos para fazer uma omelete.

No meio disto tudo, hoje esteve um glorioso dia de sol e o marido esteve a pôr o meu estendal a funcionar no jardim, e estivemos a combinar que durante a semana e nos dias de fim de semana em que chover trabalhamos dentro de casa e nos dias de sol durante o fim de semana avançamos à louca com o jardim.

Amanhã começamos por levar o entulho da obra para a lixeira e já agora o lixo que está no beco na parte de trás da casa. O construtor e todos os outros caramelos não querem ser eles a levar porque têm de pagar e se formos nós, outra vez por algum motivo que me ultrapassa, não pagamos.

Wednesday, 6 April 2011

Derrapou...

O prazo para a obra acabar já derrapou para 3.ª Feira.

Hoje o marceneiro avisou que não pode vir na sexta feira e trabalhar sábado está fora de questão. Vem na segunda-feira pôr as portas e na terça acabar os rodapés e mais umas tretas...

Depois de 20 minutos de conversa com o caramelo cheguei a uma conclusão maravilhosa: devia ter nascido homem e devia ter-me tornado marceneiro em Inglaterra!!!!!

Trabalha quando quer, ganha o que quer e ainda brinca na bolsa de valores com £ 60.000.

Eu também quero....

Acabei por não vos mostrar como estava o sotão antes da obra porque a máquina está sem bateria e tirar fotos agora com os trabalhos a decorrerem não tem tanta piada, mas vou procurar as fotos que foram tiradas antes de nos mudarmos para cá para verem a configuração da coisa ou então faço-vos um desenho do antes :)

Tuesday, 5 April 2011

Obras

O sotão está finalmente a andar e conto até ao fim da semana que esteja acabado parapoder começar a pintar no sábado

Hoje esteve cá o electricista, amanhã vêm o marceneiro, quinta vem o estucador, sexta vem o canalizador e o electricista e o marceneiro também outra vez (que as portas só chegam na sexta feira) e voilá...

Começou por ser uma obra de Santa ngracia, mas agora sim temos andamento na coisa :)

Amanhã ponho fotos a mostrar como está agora para verem o depois :)

Saturday, 2 April 2011

Quero-os de volta!!!

Já vos aconteceu abrirem um mail (na maior das ingenuidades), executarem o ficheiro em anexo e darem de cara com a maior perda de tempo que alguma vez viram?

Pois a mim acabou de acontecer...

Quero os meus 5 minutos de volta!!!!!!

Wednesday, 16 March 2011

Cidades nas nuvens

Estive estes 2 dias que passaram a trabalhar numa cidade que tem estado nas nuvens, eu explico melhor: como a cidade está num terreno um pouco mais elevado, o nevoeiro não desaparece, limita-se a estas mais ou então menos denso.

O caminho para lá chegar tem sido a velha estrada de montanha no mais completo nevoeiro com grau de visibilidade muito perto do 0, hoje estive mesmo para estacionar na berma e pedir a alguém (ao marido, quem mais?!?) que me fosse lá buscar que eu não queria conduzir com aquela falta de visibilidade, mas acabei por não estacionar na berma (porque não a vi com tanto nevoeiro) e acabei por chegar ao trabalho muito a horas.

Passei o dia nas nuvens literalmente e no caminho para casa foi a mesma aventura.

A pergunta (a que se alguma alma caridosa souber a resposta eu agradeço) que não me largou todo o dia foi: mas onde é que esta gente anda com a cabeça para construir uma cidade neste sitio?

A outra questão que se me tem colocado (e agradeço "input" se alguém souber) é: como é que a raça humana se aventurou a povoar estes espaços frios do globo?!?!?! porque é que não ficaram assim a modos mais para o mediterrâneo? e já agora para quê?!?!? Para apanharem frio todo o ano?!?!?

Expliquem lá se conseguirem que hoje o tico e o teco não estão para se incomodar.

Tuesday, 15 March 2011

...

Ontem fui para a cama estoirada, logo ali pelas 7h noite , pode-se mesmo dizer que fui para a cama antes das galinhas, hoje acordei às 6h da matina... Saltei da cama, arranjei-me, tomei o pequeno almoço, preparei o pequeno almoço do marido e saí para o trabalho.

Enquanto conduzia (mais uma vez pela velha estrada de montanha que atravessa as Penine Mountains) no meio do nevoeiro mais denso que alguma vez vi na minha vida, tive uma revelação se assim lhe quiserem chamar.

Encontro-me exactamente onde devo estar neste momento

Tuesday, 8 March 2011

A vida não pode esperar...

Hoje cheguei à conclusão (pela enésima vez) que a vida não pode esperar...

Explicando-me melhor, não posso esperar que determinadas coisas aconteçam para que possa fazer outras, por exemplo, não posso esperar que o quarto do sotão esteja pronto para voltar a pintar.

Vinha na estrada que vai pelo mesmo pelo meio das Penine Mountains, não é uma auto-estrada, é apenas uma estrada muito velha cheia de curvas e contracurvas e apercebi-me que apesar das boas intenções ainda estou à espera...

Logo por coincidência hoje venho online e tenho um comentário da Malay no meu blog, parecia que me tinha ouvido a pensar na vida a caminho de casa.

E quem é a Malay, perguntam vocês, e eu respondo: é uma amiga minha, é uma pessoa que conheci no meu grupo de pintura e que passou para o meu grupo de amigas, é uma pessoa com quem tive (e vou tendo) o prazer de percorrer os caminhos por onde a vida nos levou (e vai levando) e que me ensinou quão fortes conseguimos ser apesar da nossa fragilidade enquanto seres humanos.

Voltando ao que aqui me trouxe hoje, aqui a "piquena" avisa que vai voltar a pintar, vai ser como foi da primeira vez, flores, só não vai ser um girassol, porque não me parece uma boa ideia repetir um tema à letra.

Aqui fica um lembrete do primeiro quadro que alguma vez pintei em toda a minha vida.

Sunday, 6 March 2011

Até o silêncio tem um fim

Depois de tantos dias de silêncio venho quebrá-lo.

Amanhã começo no meu novo trabalho, já cá vieram pôr o carro da empresa à porta e já tenho a sacola pequenina para pôr o almoço pronta, ainda não encontrei a que tinha que era térmica, mas para agora está muito bem.

O marido hoje fez pão (recuso-me a comer pão de compra - a menos que seja da padaria da esquina) e já tenho pão para a minha sandocha do almoço.

Hoje fiz pasta em casa para o jantar, estava uma delicia e consegui deixar a cozinha virada do avesso (!!!!!), mas o marido ajudou a limpar, por qualquer motivo que me ultrapassa, desta vez tinha tacho e panelas pela cozinha fora, farinha por todo o lado (tipo bomba de farinha que rebentou e deixou farinha por todo lado), enfim, mistérios da natureza...

A última vez que fiz pasta, no fim de tudo, a cozinha estava limpinha...

Saturday, 19 February 2011

+ Pão

Estive a ver com o marido a lista de ingredientes do pão de compra das grandes marcas, tenho de vos dizer que ia tendo uma coisinha má.

Para quem quiser pegar no pacote e verificar as coisas lindas que anda a comer, aqui vai a listagem do que os ingredientes significam.


O marido vai passar a fazer pão ou o pão é comprado na padaria!!!

Friday, 18 February 2011

Is this the world that we've created?

Ontem vi um programa sobre "low fat"...

As conclusões são aquelas que já todos conhecemos... blá blá blá... tem tantos quimicos para diluir a gordura que faz mal à saúde... como a comida não tem qualidade acabamos por comer mais... blá blá blá ... mais peso.

E ainda explicaram o que nós ainda não sabiamos.

Para ser "low fat" não tem gordura (claro) mas também não tem fibras e apesar de tudo tanto a gordura como as fibras fazem falta para a manutenção de um corpinho saudável.

Mas tem coisas saudáveis e interessantes como cola de papel de parede e o próprio papelinho também (deve ser para ficarmos com as paredes do estomago bem decoradinhas).

Mas onde é que chegámos!!!!

Desde quando é que é aceitável e saudável comer papel e cola de papel de parede?!?!

O que é que se passa com este mundo!

E o pãozinho de forma fatiado que compramos no supermercado e que não tem nada de mal, afinal só tem farinha, água, fermento e penas de pato. Uppps disse penas de pato? bem é que para o pão ficar fofo por mais tempo, alguém andou a experimentar e descobriu que a pena de pato trituradinha no pão mantêm o dito cujo fofo por mais tempo... Penas de pato no mundo ocidental e uma susbstância do cabelo humano no mundo oriental...

Mas estão a gozar com quem?!?!?!?!

A qualidade da comida ao nosso dispôr está a cair a olhos vistos!!!

Resposta a isto? Fazer tudo em casa, não há cá mais comida pronta a comer, temos de ser nós a controlar o que entra na nossa comida.

E o marido vai voltar a fazer pão!!!!

Tuesday, 15 February 2011

Considerações sobre o quotidiano

Hoje fui às compras ao Tesco, como sempre havia comida em saldos. Não estava em promoção porque estava prestes a passar do prazo, estava em saldos porque o Tesco gosta de vender e compra tudo muito mais barato que o normal, logo consegue ter sempre uns preços super simpáticos.

Enquanto fazia as minhas compras fui fazendo as minhas variadas considerações e ideia puxa ideia e acabei a pensar como em Portugal este tipo de coisas não acontece, isto é, o supermercado pode fazer promoções mas dão coisas, por exemplo, compramos 2 pizzas da marca X e dão-nos um tupperwear, compramos 3 congelados da marca Y e dão-nos um prato de pyrex, e assim por diante. Não há cá promoções de tudo a metade do preço. Eles bem que anunciam mas vamos a ver e nada. Aqui em Inglaterra, não anúnciam mas vamos às compras e com £ 60 trazemos para casa o correspondente a £ 120 de comida.

Parece que têm mais respeito pelas bolsas dos consumidores, digo parece, porque não sou ingénua.

Agora preparem-se para o resto das considerações.

Ora se o povo Português tem um poder de compra bem mais baixo que o Inglês porque é que os supermercados e as marcas não utilizam a mesma técnica? Acabam ter uma maior rotatividade de stock, podem rapidamente testar produtos novos no mercado e lançar linhas completas em pouco tempo, por exemplo, aqui há 2 anos a marca "Birds Eye" lançou uns camarões num molho picante para ser cozinhado no forno ou no microondas (como se escreve isto?) que eram uma delicia, rapidamente se aperceberam que apesar de não ser o produto mais barato no mercado tinha uma grande saída e agora tem mais 2 produtos para essa mesma linha de camarões que também são de comer e chorar por mais, técnica utilizada para garantir freguesia? Durante cerca de 6 meses sempre que fui ao supermercado tinha sempre uma promoção de leve 2 pacotes por o preço de 1. Agora mesmo com a promoção acabada continuo a comprar, já com um pouco mais de parcimónia que a coisa não é baratinha, mas continuo a comprar.

Para além das promoções constantes que nos poupam um balúrdio em comida, temos um sistema de pontos que nos permitem poupar dinheiro sempre fazemos compras, passo a explicar, temos um cartão em que é depositado 1 ponto por cada libra que gastamos em compras (sejam elas quais forem, não é apenas para produtos marcados, como no Continente), cada 10 pontos correspondem a £ 1, assim, nas compras de hoje gastei £ 75, utilizei vales de desconto que tinha cá em casa de compras anteriores no valor de £ 15, paguei £ 60 e já fiquei com saldo de £ 6 para as próxima vez que for às compras. Ora lá está, em Portugal isto não acontece!!!

Friday, 11 February 2011

Sonhos, galinhas, porcos e bolos de chocolate

Ainda não vos contei o que se passa por aqui para além de que ando com bolo de chocolate atrás...

Não é nada novo, vivemos em Inglaterra, o marido (que tem a sua própria empresa com os irmãos) apaixonou-se pelo Alentejo, eu estou desempregada há já algum tempo que em tempos de crise não há empregos para estrangeiros e eu sou estrangeira.

O marido decidiu que faça sol ou chuva vamos para Portugal, mais propriamente para o Alentejo, eu adoro aquilo por isso até aqui tudo bem.

Fizemos uma proposta para um pedaço de chão a que pudessemos chamar nosso... Em Portugal existe uma coisa chamada: Direito de Preferência, que se aplica aos prédios rústicos, isto é se vai haver venda de terra, antes de ser assinado o contrato de promessa de compra e venda ou mesmo a escritura, os vizinhos têm de ser informados para se estiverem interessados poderem exercer o seu Direito de Preferência e zás compra-na eles, até aqui tudo bem, ou tudo mal.

Na passada Segunda-feira, um vizinho disse que queria exercer o seu direito de preferência e assinou ontem o contrato de promessa de compra e venda.

A nossa casa já estava desenhada, sonhada, pensada e ainda estamos à espera de receber os orçamentos para a sua versão em madeira (que já temos os preços em tijolo) e o terreno já estava dividido (em papel) por sectores de produção.

Enfim horas de sonhos/planos assim deitados a perder...